Produtos | Den Braven

Construções passivas e estanquidade ao ar em edifícios

A expressão construção passiva refere-se a um conjunto de normas rigorosas em prol da eficiência energética com o intuito de reduzir a pegada...

Saber mais
Filtro

Marca
Tipo de Produto
Segmento
5 Produtos encontrados

Cola em espuma para sistemas de isolamento pelo exterior (ETICS)

Den Braven Cola em Espuma

Fita de base butílica

Fita Butilica

Cola e veda híbrido de elevada elasticidade

Hybriseal 540

Spray de limpeza para espuma PU e respetivas pistolas de aplicação

Limpeza de Espuma PU

Prego Líquido Aquoso

Montagefix-W

Construções passivas e estanquidade ao ar em edifícios

A expressão construção passiva refere-se a um conjunto de normas rigorosas em prol da eficiência energética com o intuito de reduzir a pegada ecológica. Na prática, estas normas resultam na aplicação de procedimentos que resultem na abolição ou redução significativa das necessidades de energia para refrigerar ou aquecer o interior dos edifícios.

O conceito de Casa Passiva foi desenvolvido na Alemanha e as primeiras a serem construídas foram em Darmstadt, Alemanha em 1990. A norma MINERGIE-P, é muito semelhante mas utilizada na Suíça. A Den Braven como membro da Swiss MINERGIE-P platform assegura que os seus produtos cumprem os requisites exigidos.

Princípios das casas passivas
O princípio das construções passivas não pode ser encarado como complemento mas sim como parte integrante de um projeto, previsto desde a sua conceção. Apesar de ser maioritariamente utilizado em novas construções, também já tem sido aplicado a projetos de reabilitação. Este princípio obriga ao cumprimento dos seguintes requisitos:
Para garantir a estanquidade, o edifício não pode ter fugas de ar superiores a 0,6 vezes o seu volume por cada hora (n50 ≤ 0.6 / hora) a 50 Pa (N/m²);

O consumo de energia primária (todos os serviços energéticos, incluindo o aquecimento, refrigeração, água quente e equipamentos elétricos) não pode exceder o limite de 120 kWh/m² por ano de área útil;
O edifício deve ser concebido em conformidade com o Passivhaus Planning Package, no que diz respeito às necessidades de aquecimento e refrigeração, tendo como limite os 15 kWh/m² por ano para aquecimento e os 15 kWh/m² por ano para refrigeração OU ser concebido para uma carga de aquecimento de 10W/m²;

Desenho solar passivo;
Posicionamento estratégico;
Isolamento;
Tipo de Caixilharia;
Ventilação;
Recuperação de calor;
Iluminação e equipamentos elétricos.

Contributo Den Braven para a estanquidade ao ar
No que diz respeito ao ponto nº 1, antes mencionado, a Den Braven fornece um portfolio de produtos capaz de reduzir a penetração de ar húmido nos edifícios. Estes produtos são testados e certificados em conformidade com os requisitos de estanquidade ao ar das construções passivas. Quando bem aplicados, estes produtos contribuem para um incremento dos valores de isolamento, redução do ruído e formam uma barreira à entrada de humidade e ar húmido provenientes do exterior. O portfolio de produtos Den Braven possui a capacidade de reduzir os custos de aquecimento ou refrigeração do interior dos edifícios em cerca de 90%. Estes produtos contribuem para uma construção mais duradoura, poupança de energia, redução de custos e proteção do meio ambiente.

A Den Braven possui todas as ferramentas para apresentar e demonstrar a eficácia dos seus produtos neste domínio. O Nosso Centro de Excelência (CoE) é um exemplo real da aplicação do conceito de edifício sustentável, cumprindo todos os requisitos das construções passivas, capaz de ser autossuficiente em todas as suas necessidades energéticas. O consumo de energia no CoE é de tal forma reduzido que permite criar excedentes que são posteriormente transferidos para o parque de estacionamento do edifício principal da sede do grupo, onde existem pontos de carregamento para veículos híbridos e elétricos.